Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Tempus a tempus

um espírito próprio dos que vão estando a tempus, in tempus.

Tempus a tempus

um espírito próprio dos que vão estando a tempus, in tempus.

Ar land

Frios caminhos em gélidas
Estradas de campo
Que as passagens feitas estão
Lâmina feita de vento
e chão
De lama
onde a neve já pintou
Curtos reflexos de um sol.
Assim estou eu,
Aqui,
Na lama
Mais cinzento que eles,
Os novos sábios, filhos da política
Sem políticas,
Ignorantes de um admirável
Mundo
Novo
De uma deusa chamada Europa
Onde os mais velhos nada são,
Ou se São,
São-no num fardo despretensioso,
Polido,
Coerente,
De estudos na vida feitos
vividos, vistos e queridos,
Para agora as vaidade ver
Assim,
Longe de tudo, tão perto do meu actual país.