Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tempus a tempus

um espírito próprio dos que vão estando a tempus, in tempus.

Tempus a tempus

um espírito próprio dos que vão estando a tempus, in tempus.

mimalhos

o tempo de chegada foi de mimalhos; nunca são demais, os mimos deles. o que me marcou mais, foi não terem perguntado o que lhes trouxe, mas mostrarem-se genuinamente contentes por me ter trazido. não foi um "estás cá!"; foi um "que bom estares!" entre sorrisos rasgados e abraços tão apertados conforme os bracitos lhes permitiam. o momento foi completado com um "adoro-te!".
 
ao final do dia de hoje, tenho dúvidas: não sei qual dos três o é menos...

1 comentário

Comentar post