Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Tempus a tempus

um espírito próprio dos que vão estando a tempus, in tempus.

Tempus a tempus

um espírito próprio dos que vão estando a tempus, in tempus.

Não é meu, mas tenho pena...

Tão pobre é a tradução,
que muito receio amputar
tão belo e digno rimar.
Recebe pois o que segue e te digo
ou em vão to terei dito
não sendo mais que citação.
........................................................

Assim és tu para o meu pensar como o alimento é para a vida;
como doces são os chuviscos para o chão;
e pela paz que para mim és, luto por ti
como o avarento defende os seus pertences,
...
temo o perigo de em breve a idade o meu ouro fazer perder,
agora que conto ficar a sós contigo, isso melhor,
que ver-me o mundo um tal prazer.
Por vezes cheio só por te olhar e logo faminto de de novo te ver,
não tendo nem perseguindo outro alimento,
salvo o que de ti tirei ou que de ti poderei tomar.
Assim vou, dia a dia, jejuando e comendo,
ou tudo devorando como um glutão ou tudo mandando fora.